Doc: Do Underground ao Emo

São Paulo, Brasil
Dirigido por Daniel Ferro foi ao ar no início desse mês o documentário “Do Underground ao Emo”, uma série de depoimentos de figuras importantes do cenário underground da música brasileira, entre os entrevistados estão Badauí (CPM 22), Rodrigo Lima (Dead Fish), Di Ferrero (NXzero), Lucas Silveira (Fresno) e muitos outros.


 "isso vale mais que qualquer revolução social de fachada"

Nos anos 2000 surgiu um grande movimento independente impulsionado por bandas como Dead Fish, Forfun, Hatten e Garage Fuzz, as bandas trocavam suas fitas demos por carta, de um estado para o outro com o objetivo de levar seu som a novos ouvidos e viabilizar seus shows fora de sua localidade. Foi assim, totalmente independente que surgiu uma cena musical underground no Brasil, bandas que lotavam o Hangar 110 em São Paulo e que chegaram ao mainstream da música brasileira, como Fresno, NxZero e o CPM 22, uma das bandas precursoras a levar o hardcore as rádios e televisões do país.

Nenê Altro do Dance of Days em um dos depoimentos do doc comenta sobre o movimento social que foi a cena underground na época.

“Por mais que muitos enxergaram aquilo apenas como um movimento meramente musical, se isso trouxe pessoas para a margem da coisa; se isso trouxe às pessoas para o questionamento do “se eu quero eu posso fazer”, que é a essência do DIY, do faça você mesmo, então já foi válido. Isso fica. Isso não vai sair do caráter que se formou nessas pessoas. Não vai sair da opção de vida que se criou nelas. E isso vale mais que qualquer revolução social de fachada que se impõe sobre as pessoas”.

Daniel Ferro produtor e diretor do “Do Underground ao Emo” é o mesmo diretor do webdoc “Dashboard Confessional live in São Paulo” e clipes de NxZero, Fresno e CPM 22, entre muitas outras bandas, tendo uma indicação como melhor clipe do ano pela MTV com “Porto Alegre” da banda Fresno. Além de ser jornalista, produtor e diretor, Daniel também é ex-baterista de uma das primeiras bandas de emocore do Brasil a Emoponto que marca presença na produção.

Exibido no canal pago BIS da Multishow o documentário acabou na internet e você pode assisti-lo completo aqui:

O que você achou disso?

Leia também:

Jim Morrison, morreu mesmo?

Histórias mal contadas, boatos estranhos surgidos com o tempo e possíveis reaparições após a morte até hoje criam muitas teorias em torno da morte do líder do The Doors. Continue lendo

Copyright © 2013 New Yeah Música, todos os direitos reservados.