Urso Polar: mistério e talento à prestação

Gramado - RS, Brasil
O célebre astronauta Neil Armstrong gostava de dizer que o mistério é a melhor forma de gerar interesse sobre algo. Na época, ele usava essa afirmação para comentar a vontade do homem de pisar sobre a misteriosa superfície da lua. Mais de quarenta anos depois de o próprio Armstrong ter realizado tal feito, uma banda da serra gaúcha resolveu ter para si o mistério, lançando o seu EP de estreia aos poucos, música por música. Nascida em gramado e cada vez mais presente nos ouvidos atentos de todo o Rio Grande do Sul, a banda Urso Polar prova que a sabedoria de Armstrong sobre a curiosidade e o interesse não era aplicável somente aos experimentos da Nasa. Todos estão querendo saber como este EP vai acabar.


Desde o final do ano passado, a Urso Polar já divulgou dois singles que integrarão o seu trabalho de estreia, que deverá conter quatro canções. Ao todo, "Oh My God I'm So Happy Right Now" e "Mostly Harmless" já somam aproximadamente sete mil plays no SoundCloud, um número bastante expressivo para uma banda que dá os seus primeiros passos na música. O talento raro do grupo, capaz de reproduzir trilhas dançantes a partir de instrumentos puramente analógicos, explica porque o tempo de vida da Urso Polar não é proporcional ao seu número de admiradores. O caminho para o som denso presente nas músicas já lançadas, segundo os integrantes, passa pelo entrosamento dos membros e por um perfeccionismo apurado nas produções.

Em um processo circular, a banda alimenta a curiosidade dos fãs entregando sua música aos poucos, e os fãs alimentam a criatividade do grupo com ótimos feedbacks.

"Só para 'Mostly Harmless' nós recebemos pelo menos oito versões de mixagem antes de ela ficar como desejávamos", comenta o baixista Yuri Hencke em entrevista ao New Yeah, já revelando alguns detalhes da produção concentrada no Estúdio Suminsky, em Porto Alegre. "É algo cansativo, mas vale a pena quando as pessoas começam a ouvir e gostar." Trabalhando separadamente cada uma das quatro canções que integrarão o trabalho de estreia, o grupo tem tempo para colher feedbacks, dedicar-se com atenção a cada detalhe e construir a identidade específica de cada faixa. "Cada composição da banda traz sentimentos e ideias diferentes, e lançá-las separadamente nos permite expressar ao público o que cada uma significa para nós", comenta a vocalista Bianca Rhoden.

A obsessão pelos detalhes, inclusive, foi o que trouxe o grupo da serra até Porto Alegre. Em busca de uma sonoridade já pré-imaginada, os membros da Urso Polar avaliaram uma série de estúdios até encontrar o local perfeito que misturasse a boa produção com a distância, que também cumpre o seu papel fundamental na pequena e notável obra da banda. "A distância nos tira da zona de conforto e faz com que as viagens para a gravação sejam, no mínimo, engraçadas", lembra o guitarrista Ariel Bordin.

Ainda que a organização pareça o forte dos integrantes, é unido em torno da execução de suas canções que o quinteto realmente mostra o seu valor. "Mostly Harmless", lançada pela banda no final de 2014, chama a atenção por apresentar um som menos acelerado e mais melódico do que o habitual das bandas de tendência indie, primando por mixagens que deixem cada nota e instrumento muito claros a quem escuta. "'Mostly Harmless' surgiu logo no primeiro ensaio", conta o baterista Gabriel Fetzner. "É que desde o início o objetivo sempre foi criar composições próprias".



Sendo criativa quando necessário e se apropriando do já criado quando isso lhe parece útil, a banda lançou ainda uma segunda canção, que ajudou a fortalecer a expectativa pelas outras duas músicas que estão por vir. "Oh My God I'm So Happy Right Now" é iniciada com um ritmo acelerado, guiado por um curto riff de guitarra que lembra a intro de “Undercover Martyn”, do Two Door Cinema Club. A letra, por sua vez, faz referência a “Let's Dance to Joy Divison”, do The Wombats.



Com um repertório de influências que consegue conversar com The Ok Social Club, Strokes e Two Door Cinema Club, a Urso Polar se dispõe a resumir o indie rock e dar-lhe um sotaque serrano, acrescentando toques de originalidade que fazem toda a diferença e que nascem exclusivamente das jams e da criatividade dos integrantes. "Todas as músicas já chegam prontas ao estúdio", explica Gabriel Fetzner. "Lá, temos um profissional que faz gravação e mixagem, mas o processo de produção vem inteiramente da banda".

Enquanto ainda organiza com cuidado quase artesanal o lançamento das músicas restantes, o grupo já colhe frutos, e o reconhecimento serve de combustível para que o processo de gravação seja cada vez mais produtivo. Do lado de fora, a crescente da banda gera expectativa e os sons já lançados, que demonstram uma maturidade latente, já alcançam repercussão até em veículos de fora do país, como o site britânico Record Rewind Play e a rádio holandesa IndieZine.

Para Henrique Martiny, guitarrista do grupo, compor é importante, mas já contar com o reconhecimento desde cedo é fundamental. "Por mais que todo esse trabalho seja prazeroso para nós, nada se compara com a reações positivas que estamos tendo."

Com as duas músicas que devem ser lançadas em breve, a Urso Polar dará como finalizada a sua primeira obra, com a qual buscará os palcos e os ouvidos de quem estiver disposto a ouvir. Ariel Bordin, principal compositor da banda, resume a expectativa dos integrantes com o trabalho que deve ser finalizado nos próximos dias. "Esperamos que as pessoas se identifiquem com a nossa personalidade", diz ele. "E esperamos que as pessoas se divirtam nos ouvindo da mesma maneira que estamos nos divertindo com tudo o que fizemos até aqui!". OK. Agora é seguir atento e aguardar os próximos sinais.

A saga do grupo pode ser acompanhada pelo Facebook, e as canções já gravadas estão sendo colocadas uma a uma no SoundCloud oficial da Urso Polar.

O que você achou disso?

Leia também:

Jim Morrison, morreu mesmo?

Histórias mal contadas, boatos estranhos surgidos com o tempo e possíveis reaparições após a morte até hoje criam muitas teorias em torno da morte do líder do The Doors. Continue lendo

Copyright © 2013 New Yeah Música, todos os direitos reservados.